No Brasil, 70% do papel (2020) e 83% das embalagens de papelão (2019) foram reciclados

Escolha o papel

O papel é um dos materiais mais reciclados em todo o mundo. Ao mesmo tempo, a indústria de papel mundial é das que mais utiliza matéria-prima reciclada.

Em 2020, foram coletadas e recicladas 56 milhões de toneladas de papel na Europa – uma taxa de reciclagem de 74%. No Brasil, a taxa de reciclagem em 2020 foi de 70%, com um total de 4,8 milhões de toneladas coletadas. Esses números se aproximam do máximo prático estimado de 78%.(1)

70,3% de todo o papel consumido foi reciclado no Brasil em 2020. (2) Já a taxa de recuperação de embalagens de papelão ondulado e de sacos de papel foi 87% em 2019 enquanto 67% das embalagens de papelão ondulado foram feitas com fibras recicladas. (3) 

No atual estágio da tecnologia, o papel não pode ser reciclado indefinidamente, pois as suas fibras vão ficando muito curtas e degradadas. Além disso a produção não pode ser baseada apenas em fibras recicladas, pois não é possível coletar 100% do papel consumido. O ciclo deve, portanto, ser constantemente reabastecido com fibras virgens, oriundas de plantações manejadas de forma sustentável.

Fatos de sustentabilidade

  • O papel no Brasil é feito de celulose extraída de madeira de árvores cultivadas, um recurso renovável e sustentável. Também são usadas fibras recicladas.
  • Atualmente, a produção de papel promove cultivos de árvores em áreas sem cobertura florestal e, até mesmo, em terrenos degradados por uso anterior inadequado, como pastagens e agricultura intensivas.
  • As plantações de árvores, combinadas com a preservação de ecossistemas nativos pelas indústrias de celulose e papel, têm uma função relevante na proteção do clima e da biodiversidade.
  • No Brasil, 70% do papel (2020) e 83% das embalagens de papelão (2019) foram reciclados.
  • Existem vários sistemas de certificação para garantir que as plantações de árvores e as áreas de reserva sejam manejadas e gerenciadas de forma sustentável.
  • As áreas de reserva natural das indústrias brasileiras de celulose e papel dão importante contribuição para a conservação da biodiversidade.

Fibra reciclada e virgem

Sem fibras virgens das árvores, o ciclo de papel não pode ser mantido. As fibras recicladas se degradam após vários usos e a indústria de papel precisa de novas fibras de árvores, cultivadas de forma sustentável, para manter o ciclo renovável. Também existem perdas correspondentes aos papéis que não são reciclados.

Essa alta taxa de reciclagem significa que mais fibras recicladas estão sendo usadas como matéria-prima pelos produtores de papel brasileiros e essa taxa vem crescendo.

Considerando o estágio atual da tecnologia, o crescimento no uso de fibras recicladas deverá alcançar um equilíbrio no futuro, uma vez que há um limite prático na taxa de reciclagem dos papéis em geral. Esse limite poderia ser aumentado pelo consumo consciente do papel, melhorando o seu uso, coleta e reciclagem.

Fibras recicladas podem ser usadas em alguns tipos de papel mais do que em outros. Por exemplo, papel para jornais e para alguns tipos de embalagens são muitas vezes feitos com fibra 100% reciclada. No entanto, papéis para impressão em alta qualidade têm uma taxa menor de utilização de matéria-prima reciclada, em torno de 13%. Outros têm requisitos técnicos específicos de desempenho, segurança ou higiene que não permitem incluir proporções elevadas de fibra reciclada.

O processo de fabricação de papel também é um ciclo sustentável. As fibras recicladas são usadas da forma mais eficaz possível, enquanto novas fibras são constantemente adicionadas para repor as perdas e manter o processo em equilíbrio.

Portanto, no processo de fabricação de papel, há a necessidade de adicionar continuamente fibras virgens e recicladas. O uso de fibras virgens garante a resistência, qualidade e disponibilidade contínua de produtos de papel.

  1. European Paper Recycling Council, Monitoring Report, 2020
  2. Relatório Anual Ibá, FGV 2021
  3. Anuário Estatísco Empapel, 2020

O Brasil é um dos maiores recicladores de papel do mundo, com 70,3% do papel reciclado em 2020.

Relatório Anual Ibá/FGV, 2021

A taxa brasileira de reciclagem das embalagens de papel é de 83%.

Anap, 2019

Descubra mais

Baixe o Fact Sheet para descobrir mais fatos sobre o papel e o meio ambiente.

Download